O PEC, as portagens e a regra das proporcionalidades

À medida que sobem as taxas de desemprego a diminuição do poder de compra dos portugueses logicamente tende também a aumentar. A recente intenção dos ilustres tutores do pacto de estabilidade e crescimento passará pelo pagamento de portagens nalgumas auto-estradas, as denominadas por SCUT, que levará a um inevitável aumento das despesas dos seus utentes, que passarão a ser designados por portugueses de 3ª. Contribuirá também para o isolamento das populações, desta forma aumentando a temível exclusão social, e assim, abrindo-se uma porta para os conflitos civis. Depois, claro, salve-se quem puder. Ora, um burro aqui a tentar perceber o fundamento desta irrealista aplicação, criada por ditos célebres peritos da gestão, quando está à vista de todos que se continuam com atitudes bizarras, destas, daqui a pouco entregam o país ao dono!...

 

Que o tio Alberto nos livre dessa bixanice aqui na Madeira!!!  

publicado por qvieira às 03:18 | link do post