Fórmula realista do Programa de Estabilidade e Crescimento (PEC)

Abrir parênteses: A soma, das falências sucessivas, da falta de trabalho, da estrondosa dívida externa do país, do défice depressivo, do aumento da pobreza, é igual à implementação do PEC (Programa de Estabilidade e Crescimento), vezes, o espelho da competência e bom senso político hereditário, elevado aos cortes que retiram o acesso, para muitos, à primeira necessidade, ao incentivo ao abstracto e impossível, a dividir pelo engraxamento ao capitalismo, é igual ao país bater no fundo antes de 2013. Fechar parênteses.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por qvieira às 12:22 | link do post