Conspiração empreendedora... que mania!...

 

qvieira: "reflexões crónicas"

 

Em épocas de recessão económica, de instabilidade profissional e financeira, de maieriqu9fice política, de omissão dos “cacaus” oriundos de Bruxelas (o tal objectivo2) e em épocas dos insolentes cérebros depressivos, o - apoio monetário - por parte das instituições detentoras dos tais fundos, ao dispor de propostas, com vista o incentivo ao empreendedor, estimula em particular os mais ambiciosos em situação de F grande, à elaboração da pirâmide estratégica, hierárquica, responsável outrora pelos grisalhos de Maslow, na esperança que o abanar da árvore converta-se em orvalho de maná  e que o nevoeiro político lendário, repleto de codornizes, nos devolva El Rei D. Sebastião…

Após um cuidadoso estudo de mercado adaptado à realidade Regional e tendo em conta as necessidades do público-alvo, resultante dessa diligência e uma vez exposto à situação de hipnotize ortogonal, perante a actualidade vergonhosa atenta às medíocres, impotentes, notícias institucionais, concluímos que: o plano em acção deverá suavizar os climas de expectativa depressiva, moldando-se à envolvente de nervosismo nostálgico, da clientela, e que o produto vá de encontro à prevenção e combate da possibilidade pandémica de stress’s…

 

 

 

Existe sempre uma alternativa: aqui

 

publicado por qvieira às 01:52 | link do post