Analgésico contra a febre amarela

Aproximam-se os tempos do calor, prevê-se novo ataque da dengue e da febre amarela através do surto do (tal) mosquito que no verão passado instalou-se na cidade do Funchal.

 

Como "não devemos estar permanentemente a lançar químicos para o ambiente", a alternativa passará por combater esta praga, de modo eficaz, por via terrestre!

 

Não é um analgésico mas é um facto! As lagartixas fazem dos mosquitos um banquete, quiçá, favorito!

 

Criar este animal, como de estimação, para mim, talvez, não será a melhor ideia... Lagartixas só de vê-las fico doente mas devo reconhecer que têm um papel importante e, com certeza, estão disponíveis em colaborar na luta contra a propagação desses insectos voadores responsáveis pelas manchas na pele dos humanos resultantes das suas picadas!

 

 

Na foto: "Réptalina". A lagartixa responsável pela "saúde" dos mosquitos circundantes da zona onde co-habito.

 

sinto-me: com fobia a lagartixas!
tags: , ,
publicado por qvieira às 15:26 | link do post