Combate ao desemprego

Criar galinhas
 
“A felicidade (profissional) está nas pequenas coisas!”
 
Não, não é piada, para lá caminhamos todos, apontar o dedo só ao espelho. É das únicas profissões que dificilmente serão afectadas pelas novas tecnologias. Jamais o computador substituirá mão-de-obra humana na gestão higiénica e manutenção da arte que é: criar galinhas.
 
A população em época de “vacas magras”, tendencialmente, inclina-se de modo a melhorar competências recorrendo à formação na tal expectativa que se alastrem horizontes na caminhada difícil que é a conquista da própria estabilidade profissional, estando conscientes que o problema não deriva só dos baixos conhecimentos, mas também do famoso invisível, mundial, sistema.
 
A famosa gripe das aves recentemente herdou a cura chamada crise. Uma vez implantada publicamente, nunca mais se falou em tal epidemia. “Doidas andam as galinhas!”
Se para curar gripe é injectando crise, criando galinhas podemos combater problemas, também, sérios.

 

publicado por qvieira às 15:17 | link do post