Clube Sport Marítimo

Pelo caminho ficou o projecto "turismo desportivo", cria-se a ideia do "arena" que logo se afundou... Em época de vacas magras discute-se a proposta para cada vez  mais simples, prevê-se que até novo estádio nasça sem bancadas.

 

Vende-se todo um grupo de jogadores, desmancha-se uma equipa, e ainda se sonha com a Champions League...

 

  

 

Ao exemplo de outros clubes portugueses, com nova infra-estrutura o marítimo perderá grande parte da massa associativa nos seus jogos, estes que só se ganham em campo!

 

Viva o Marítimo! Viva a fervura do velhinho caldeirão dos barreiros!!!

 

 

publicado por qvieira às 19:34 | link do post